Dedini e Empral anunciam parceria para oferecer diferencial tecnológico ao mercado

Voltar
23/06/2017

A Dedini Indústrias de Base e a Empral Piracicaba acabam de anunciar parceria através de um contrato de tecnologia. O objetivo é unir conhecimento para oferecer diferenciais ao mercado sucroenergético. A parceria tem base em conceitos inovadores, e resulta da soma de visões diferentes das empresas no que diz respeito à tecnologia, qualidade e fabricação. Em síntese, o que se busca é um atendimento de excelência em produtos e serviços.
Piracicabanas, e com uma decisiva e importante história de atendimento ao setor sucroenergético, as empresas tomaram a decisão com o compromisso de oferecer um novo conceito de atendimento ao mercado, tanto em nível interno quanto global. Somados, os equipamentos já fornecidos pela Dedini e licenciados pela Empral seriam capazes de moer mais de 1 bilhão de toneladas de cana por safra.
Com a parceria, as empresas disponibilizam as duas linhas de produtos que possuem: os produtos Dedini com tecnologia própria e os produtos Dedini - Empral, com tecnologia e engenharia Empral.
Juntas, Dedini e Empral vão oferecer uma gama mais ampla de opções tecnológicas e maior capacidade de inovação, que permitirá a implementação do conceito de indústrias 4.0. Esse conceito engloba os principais avanços tecnológicos nos campos da automação, controle e tecnologia da informação, aplicados aos processos industriais, tendo em vista que as tecnologias das empresas parceiras são complementares.
A Dedini Indústrias de Base, maior fabricante mundial de equipamentos para a indústria canavieira, tem capacidade e qualidade de fabricação, produzindo equipamentos confiáveis na sua operação. A Empral Piracicaba, com 35 anos de atendimento ao mercado, trabalha com foco em otimização, com ênfase para capacidade de operação, performance, novos equipamentos, maior durabilidade e menor desgaste de componentes.
Com o anúncio da parceria, feito pelos presidentes das empresas, Giuliano Dedini Ometto Duarte e Sidnei Brunelli, e assinatura do contrato, a Empral Piracicaba realizará serviços de consultoria junto aos clientes representando, dessa forma, um diferencial de mercado, que alia dois aspectos importantes: produto e serviço.
Para Giuliano Dedini Ometto Duarte, presidente do Conselho de Administração da Dedini, a parceria chega em um momento importante para a empresa e para o país, e o investimento em tecnologia configura uma maneira de atender o mercado com mais eficácia e capacidade, unindo forças que se completam e que vão garantir um atendimento de excelência, fundamental ao processo de retomada da economia do país.
Além dessa busca por excelência, o presidente da Empral, Sidnei Brunelli, ressaltou que a parceria tem um significado que extrapola a questão comercial. Ele começou sua carreira de engenheiro mecânico na Metalúrgica Dedini, em abril de 1970. “Hoje, com muita honra, volto para esta casa, que me permite completar, de forma não imaginada, a minha carreira profissional”.
A Dedini é uma das maiores empresas de bens de capital do Brasil, com área de fabricação de mais de 1.000.000 de m², equipamentos modernos, tecnologia de ponta, fabricando e fornecendo equipamentos que permitem a produção de 80% do etanol produzido no Brasil e 25% do etanol produzido no mundo. Uma empresa nacional que em seus quase 97 anos conquistou uma posição de liderança tecnológica mundial.
A Empral foi fundada em 1982 como uma empresa de engenharia e projetos, voltada principalmente para atender o mercado sucroenergético, além dos setores de soja e cítricos. Hoje, a Empral Piracicaba pesquisa, desenvolve e licencia projetos de equipamentos, que se tornaram sucessos comerciais como, por exemplo, sua linha de moendas e os inovadores DVU (Desfibrador Único) e equalizador, que agora se somam de forma exclusiva à linha de produtos Dedini. Os projetos da Empral Piracicaba visam otimizar o processo de manutenção, reduzindo a quantidade de paradas das plantas produtoras (aumento do tempo médio entre falhas - Mean Time Between Failures), bem como otimizar o desempenho, a confiabilidade e a operação dos equipamentos. 
A Dedini Indústrias de Base e a Empral Piracicaba acabam de anunciar parceria através de um contrato de tecnologia. O objetivo é unir conhecimento para oferecer diferenciais ao mercado sucroenergético. A parceria tem base em conceitos inovadores, e resulta da soma de visões diferentes das empresas no que diz respeito à tecnologia, qualidade e fabricação. Em síntese, o que se busca é um atendimento de excelência em produtos e serviços.
Piracicabanas, e com uma decisiva e importante história de atendimento ao setor sucroenergético, as empresas tomaram a decisão com o compromisso de oferecer um novo conceito de atendimento ao mercado, tanto em nível interno quanto global. Somados, os equipamentos já fornecidos pela Dedini e licenciados pela Empral seriam capazes de moer mais de 1 bilhão de toneladas de cana por safra.
Com a parceria, as empresas disponibilizam as duas linhas de produtos que possuem: os produtos Dedini com tecnologia própria e os produtos Dedini - Empral, com tecnologia e engenharia Empral.


Juntas, Dedini e Empral vão oferecer uma gama mais ampla de opções tecnológicas e maior capacidade de inovação, que permitirá a implementação do conceito de indústrias 4.0. Esse conceito engloba os principais avanços tecnológicos nos campos da automação, controle e tecnologia da informação, aplicados aos processos industriais, tendo em vista que as tecnologias das empresas parceiras são complementares.

A Dedini Indústrias de Base, maior fabricante mundial de equipamentos para a indústria canavieira, tem capacidade e qualidade de fabricação, produzindo equipamentos confiáveis na sua operação. A Empral Piracicaba, com 35 anos de atendimento ao mercado, trabalha com foco em otimização, com ênfase para capacidade de operação, performance, novos equipamentos, maior durabilidade e menor desgaste de componentes.
Com o anúncio da parceria, feito pelos presidentes das empresas, Giuliano Dedini Ometto Duarte e Sidnei Brunelli, e assinatura do contrato, a Empral Piracicaba realizará serviços de consultoria junto aos clientes representando, dessa forma, um diferencial de mercado, que alia dois aspectos importantes: produto e serviço.
Para Giuliano Dedini Ometto Duarte, presidente do Conselho de Administração da Dedini, a parceria chega em um momento importante para a empresa e para o país, e o investimento em tecnologia configura uma maneira de atender o mercado com mais eficácia e capacidade, unindo forças que se completam e que vão garantir um atendimento de excelência, fundamental ao processo de retomada da economia do país.
Além dessa busca por excelência, o presidente da Empral, Sidnei Brunelli, ressaltou que a parceria tem um significado que extrapola a questão comercial. Ele começou sua carreira de engenheiro mecânico na Metalúrgica Dedini, em abril de 1970. “Hoje, com muita honra, volto para esta casa, que me permite completar, de forma não imaginada, a minha carreira profissional”.
A Dedini é uma das maiores empresas de bens de capital do Brasil, com área de fabricação de mais de 1.000.000 de m², equipamentos modernos, tecnologia de ponta, fabricando e fornecendo equipamentos que permitem a produção de 80% do etanol produzido no Brasil e 25% do etanol produzido no mundo. Uma empresa nacional que em seus quase 97 anos conquistou uma posição de liderança tecnológica mundial.
A Empral foi fundada em 1982 como uma empresa de engenharia e projetos, voltada principalmente para atender o mercado sucroenergético, além dos setores de soja e cítricos. Hoje, a Empral Piracicaba pesquisa, desenvolve e licencia projetos de equipamentos, que se tornaram sucessos comerciais como, por exemplo, sua linha de moendas e os inovadores DVU (Desfibrador Único) e equalizador, que agora se somam de forma exclusiva à linha de produtos Dedini. Os projetos da Empral Piracicaba visam otimizar o processo de manutenção, reduzindo a quantidade de paradas das plantas produtoras (aumento do tempo médio entre falhas - Mean Time Between Failures), bem como otimizar o desempenho, a confiabilidade e a operação dos equipamentos. 

Fonte: Cana Online

Dedini e Empral anunciam parceria para oferecer diferencial tecnológico ao mercado

23/06/2017

A Dedini Indústrias de Base e a Empral Piracicaba acabam de anunciar parceria através de um contrato de tecnologia. O objetivo é unir conhecimento para oferecer diferenciais ao mercado sucroenergético. A parceria tem base em conceitos inovadores, e resulta da soma de visões diferentes das empresas no que diz respeito à tecnologia, qualidade e fabricação. Em síntese, o que se busca é um atendimento de excelência em produtos e serviços.
Piracicabanas, e com uma decisiva e importante história de atendimento ao setor sucroenergético, as empresas tomaram a decisão com o compromisso de oferecer um novo conceito de atendimento ao mercado, tanto em nível interno quanto global. Somados, os equipamentos já fornecidos pela Dedini e licenciados pela Empral seriam capazes de moer mais de 1 bilhão de toneladas de cana por safra.
Com a parceria, as empresas disponibilizam as duas linhas de produtos que possuem: os produtos Dedini com tecnologia própria e os produtos Dedini - Empral, com tecnologia e engenharia Empral.
Juntas, Dedini e Empral vão oferecer uma gama mais ampla de opções tecnológicas e maior capacidade de inovação, que permitirá a implementação do conceito de indústrias 4.0. Esse conceito engloba os principais avanços tecnológicos nos campos da automação, controle e tecnologia da informação, aplicados aos processos industriais, tendo em vista que as tecnologias das empresas parceiras são complementares.
A Dedini Indústrias de Base, maior fabricante mundial de equipamentos para a indústria canavieira, tem capacidade e qualidade de fabricação, produzindo equipamentos confiáveis na sua operação. A Empral Piracicaba, com 35 anos de atendimento ao mercado, trabalha com foco em otimização, com ênfase para capacidade de operação, performance, novos equipamentos, maior durabilidade e menor desgaste de componentes.
Com o anúncio da parceria, feito pelos presidentes das empresas, Giuliano Dedini Ometto Duarte e Sidnei Brunelli, e assinatura do contrato, a Empral Piracicaba realizará serviços de consultoria junto aos clientes representando, dessa forma, um diferencial de mercado, que alia dois aspectos importantes: produto e serviço.
Para Giuliano Dedini Ometto Duarte, presidente do Conselho de Administração da Dedini, a parceria chega em um momento importante para a empresa e para o país, e o investimento em tecnologia configura uma maneira de atender o mercado com mais eficácia e capacidade, unindo forças que se completam e que vão garantir um atendimento de excelência, fundamental ao processo de retomada da economia do país.
Além dessa busca por excelência, o presidente da Empral, Sidnei Brunelli, ressaltou que a parceria tem um significado que extrapola a questão comercial. Ele começou sua carreira de engenheiro mecânico na Metalúrgica Dedini, em abril de 1970. “Hoje, com muita honra, volto para esta casa, que me permite completar, de forma não imaginada, a minha carreira profissional”.
A Dedini é uma das maiores empresas de bens de capital do Brasil, com área de fabricação de mais de 1.000.000 de m², equipamentos modernos, tecnologia de ponta, fabricando e fornecendo equipamentos que permitem a produção de 80% do etanol produzido no Brasil e 25% do etanol produzido no mundo. Uma empresa nacional que em seus quase 97 anos conquistou uma posição de liderança tecnológica mundial.
A Empral foi fundada em 1982 como uma empresa de engenharia e projetos, voltada principalmente para atender o mercado sucroenergético, além dos setores de soja e cítricos. Hoje, a Empral Piracicaba pesquisa, desenvolve e licencia projetos de equipamentos, que se tornaram sucessos comerciais como, por exemplo, sua linha de moendas e os inovadores DVU (Desfibrador Único) e equalizador, que agora se somam de forma exclusiva à linha de produtos Dedini. Os projetos da Empral Piracicaba visam otimizar o processo de manutenção, reduzindo a quantidade de paradas das plantas produtoras (aumento do tempo médio entre falhas - Mean Time Between Failures), bem como otimizar o desempenho, a confiabilidade e a operação dos equipamentos. 
A Dedini Indústrias de Base e a Empral Piracicaba acabam de anunciar parceria através de um contrato de tecnologia. O objetivo é unir conhecimento para oferecer diferenciais ao mercado sucroenergético. A parceria tem base em conceitos inovadores, e resulta da soma de visões diferentes das empresas no que diz respeito à tecnologia, qualidade e fabricação. Em síntese, o que se busca é um atendimento de excelência em produtos e serviços.
Piracicabanas, e com uma decisiva e importante história de atendimento ao setor sucroenergético, as empresas tomaram a decisão com o compromisso de oferecer um novo conceito de atendimento ao mercado, tanto em nível interno quanto global. Somados, os equipamentos já fornecidos pela Dedini e licenciados pela Empral seriam capazes de moer mais de 1 bilhão de toneladas de cana por safra.
Com a parceria, as empresas disponibilizam as duas linhas de produtos que possuem: os produtos Dedini com tecnologia própria e os produtos Dedini - Empral, com tecnologia e engenharia Empral.


Juntas, Dedini e Empral vão oferecer uma gama mais ampla de opções tecnológicas e maior capacidade de inovação, que permitirá a implementação do conceito de indústrias 4.0. Esse conceito engloba os principais avanços tecnológicos nos campos da automação, controle e tecnologia da informação, aplicados aos processos industriais, tendo em vista que as tecnologias das empresas parceiras são complementares.

A Dedini Indústrias de Base, maior fabricante mundial de equipamentos para a indústria canavieira, tem capacidade e qualidade de fabricação, produzindo equipamentos confiáveis na sua operação. A Empral Piracicaba, com 35 anos de atendimento ao mercado, trabalha com foco em otimização, com ênfase para capacidade de operação, performance, novos equipamentos, maior durabilidade e menor desgaste de componentes.
Com o anúncio da parceria, feito pelos presidentes das empresas, Giuliano Dedini Ometto Duarte e Sidnei Brunelli, e assinatura do contrato, a Empral Piracicaba realizará serviços de consultoria junto aos clientes representando, dessa forma, um diferencial de mercado, que alia dois aspectos importantes: produto e serviço.
Para Giuliano Dedini Ometto Duarte, presidente do Conselho de Administração da Dedini, a parceria chega em um momento importante para a empresa e para o país, e o investimento em tecnologia configura uma maneira de atender o mercado com mais eficácia e capacidade, unindo forças que se completam e que vão garantir um atendimento de excelência, fundamental ao processo de retomada da economia do país.
Além dessa busca por excelência, o presidente da Empral, Sidnei Brunelli, ressaltou que a parceria tem um significado que extrapola a questão comercial. Ele começou sua carreira de engenheiro mecânico na Metalúrgica Dedini, em abril de 1970. “Hoje, com muita honra, volto para esta casa, que me permite completar, de forma não imaginada, a minha carreira profissional”.
A Dedini é uma das maiores empresas de bens de capital do Brasil, com área de fabricação de mais de 1.000.000 de m², equipamentos modernos, tecnologia de ponta, fabricando e fornecendo equipamentos que permitem a produção de 80% do etanol produzido no Brasil e 25% do etanol produzido no mundo. Uma empresa nacional que em seus quase 97 anos conquistou uma posição de liderança tecnológica mundial.
A Empral foi fundada em 1982 como uma empresa de engenharia e projetos, voltada principalmente para atender o mercado sucroenergético, além dos setores de soja e cítricos. Hoje, a Empral Piracicaba pesquisa, desenvolve e licencia projetos de equipamentos, que se tornaram sucessos comerciais como, por exemplo, sua linha de moendas e os inovadores DVU (Desfibrador Único) e equalizador, que agora se somam de forma exclusiva à linha de produtos Dedini. Os projetos da Empral Piracicaba visam otimizar o processo de manutenção, reduzindo a quantidade de paradas das plantas produtoras (aumento do tempo médio entre falhas - Mean Time Between Failures), bem como otimizar o desempenho, a confiabilidade e a operação dos equipamentos.