Departamento de Planejamento

Voltar
11/08/2017

SINTONIA ENTRE A ASSOCIAÇÃO
E OS ASSOCIADOS
Conhecer as atividades da Canaoeste, suas particularidades,
como ela funciona e se relaciona com os seus associados.
Eis aí o ponto de partida para a criação do Departamento de
Planejamento e Topografia da Canaoeste, que assegura
ao associado uma safra dentro das suas previsões,
sem grandes desafios.
Ao longo da safra 2016/2017, o Departamento
de Planejamento e Topografia realizou
diversos serviços e atendimentos aos
associados da Canaoeste.
VEJA ALGUNS EXEMPLOS:
CONSECANA-SP - (Conselho dos
Produtores de Cana-de-açúcar,
Açúcar e Etanol do estado de São
Paulo), é formado por representantes
das unidades industriais de açúcar
e etanol, representados pela UNICA
(União da Indústria de Cana-de-açúcar)
e dos plantadores de cana-de-açúcar,
representados pela ORPLANA (Organização
de Plantadores de Cana da Região Centro-
Sul do Brasil). O objetivo principal é zelar pelo
relacionamento positivo entre as partes. Para isso, o
conselho criou um sistema de pagamento pelo teor de
sacarose. O modelo é baseado em critérios técnicos para avaliar
SINTONIA ENTRE A ASSOCIAÇÃO
E OS ASSOCIADOS
Conhecer as atividades da Canaoeste, suas particularidades, como ela funciona e se relaciona com os seus associados.
Eis aí o ponto de partida para a criação do Departamento de Planejamento e Topografia da Canaoeste, que assegura ao associado uma safra dentro das suas previsões, sem grandes desafios.
Ao longo da safra 2016/2017, o Departamento de Planejamento e Topografia realizou diversos serviços e atendimentos aos associados da Canaoeste.
VEJA ALGUNS EXEMPLOS:
CONSECANA-SP - (Conselho dos Produtores de Cana-de-açúcar, Açúcar e Etanol do estado de São Paulo), é formado por representantes das unidades industriais de açúcar e etanol, representados pela UNICA (União da Indústria de Cana-de-açúcar) e dos plantadores de cana-de-açúcar, representados pela ORPLANA (Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil). O objetivo principal é zelar pelo relacionamento positivo entre as partes. Para isso, o
conselho criou um sistema de pagamento pelo teor de sacarose. O modelo é baseado em critérios técnicos para avaliar a qualidade da cana-de-açúcar entregue pelos plantadores às unidades industriais, e assim, determinar o valor a ser pago pelo produto ao plantador de cana. Trata-se de um sistema que deve estar em permanente evolução para manter um tratamento justo e de igualdade das partes
envolvidas.
Dessa forma, o Departamento de Planejamento e Topografia da Canaoeste faz o acompanhamento da aplicação do CONSECANA-SP junto às Unidades Industriais para garantir que este esteja sendo aplicado de forma correta. Em casos de alteração de algum procedimento ou norma no CONSECANA-SP também é realizada uma confrontação de entendimento e aplicação destas alterações pelas
Unidades Industriais. Isso garante ao fornecedor de cana associado, que
o valor pago pelo seu produto será justo, de acordo com a qualidade da
matéria-prima entregue.
Além disso, também é através do Departamento de Planejamento e Topografia da Canaoeste que realizamos o acompanhamento dos dados coletados pelos fiscais de sacarose nos laboratórios em relação aos dados fornecidos pela Unidade Industrial, observando se o cálculo está correto e como está a evolução da qualidade da matéria-prima para tomada de decisão pelo departamento técnico.
E para garantir que o associado tenha uma remuneração correta pelo ATR
Relativo, realizamos o acompanhamento da aplicação e cálculo deste, bem
como a verificação se está condizente com o manual do CONSECANA-SP.
Para manter o associado informado sobre a safra na área de abrangência
da Canaoeste é realizado um acompanhamento da safra, observando a
produtividade, efeitos climáticos e a qualidade da matéria-prima sendo
atualizados mensalmente na Revista Canavieiros.
Proporcionar a segurança do associado em relação ao preço de fechamento do kg do ATR que ele recebe da Unidade Industrial também faz parte do nosso compromisso. Portanto, realizamos auditoria no fechamento dos preços de acordo com o Mix de produção e comercialização da própria usina, garantindo assim o cálculo correto dos preços de fechamento com conferência tríplice (Canaoeste – Unidade Industrial – Orplana).

COMENTÁRIOS

0 comentários postados

Mostrando 1 à 0 (de 0 encontrados)
  1. PÁGINA:

Departamento de Planejamento

11/08/2017

SINTONIA ENTRE A ASSOCIAÇÃO
E OS ASSOCIADOS
Conhecer as atividades da Canaoeste, suas particularidades,
como ela funciona e se relaciona com os seus associados.
Eis aí o ponto de partida para a criação do Departamento de
Planejamento e Topografia da Canaoeste, que assegura
ao associado uma safra dentro das suas previsões,
sem grandes desafios.
Ao longo da safra 2016/2017, o Departamento
de Planejamento e Topografia realizou
diversos serviços e atendimentos aos
associados da Canaoeste.
VEJA ALGUNS EXEMPLOS:
CONSECANA-SP - (Conselho dos
Produtores de Cana-de-açúcar,
Açúcar e Etanol do estado de São
Paulo), é formado por representantes
das unidades industriais de açúcar
e etanol, representados pela UNICA
(União da Indústria de Cana-de-açúcar)
e dos plantadores de cana-de-açúcar,
representados pela ORPLANA (Organização
de Plantadores de Cana da Região Centro-
Sul do Brasil). O objetivo principal é zelar pelo
relacionamento positivo entre as partes. Para isso, o
conselho criou um sistema de pagamento pelo teor de
sacarose. O modelo é baseado em critérios técnicos para avaliar
SINTONIA ENTRE A ASSOCIAÇÃO
E OS ASSOCIADOS
Conhecer as atividades da Canaoeste, suas particularidades, como ela funciona e se relaciona com os seus associados.
Eis aí o ponto de partida para a criação do Departamento de Planejamento e Topografia da Canaoeste, que assegura ao associado uma safra dentro das suas previsões, sem grandes desafios.
Ao longo da safra 2016/2017, o Departamento de Planejamento e Topografia realizou diversos serviços e atendimentos aos associados da Canaoeste.
VEJA ALGUNS EXEMPLOS:
CONSECANA-SP - (Conselho dos Produtores de Cana-de-açúcar, Açúcar e Etanol do estado de São Paulo), é formado por representantes das unidades industriais de açúcar e etanol, representados pela UNICA (União da Indústria de Cana-de-açúcar) e dos plantadores de cana-de-açúcar, representados pela ORPLANA (Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil). O objetivo principal é zelar pelo relacionamento positivo entre as partes. Para isso, o
conselho criou um sistema de pagamento pelo teor de sacarose. O modelo é baseado em critérios técnicos para avaliar a qualidade da cana-de-açúcar entregue pelos plantadores às unidades industriais, e assim, determinar o valor a ser pago pelo produto ao plantador de cana. Trata-se de um sistema que deve estar em permanente evolução para manter um tratamento justo e de igualdade das partes
envolvidas.
Dessa forma, o Departamento de Planejamento e Topografia da Canaoeste faz o acompanhamento da aplicação do CONSECANA-SP junto às Unidades Industriais para garantir que este esteja sendo aplicado de forma correta. Em casos de alteração de algum procedimento ou norma no CONSECANA-SP também é realizada uma confrontação de entendimento e aplicação destas alterações pelas
Unidades Industriais. Isso garante ao fornecedor de cana associado, que
o valor pago pelo seu produto será justo, de acordo com a qualidade da
matéria-prima entregue.
Além disso, também é através do Departamento de Planejamento e Topografia da Canaoeste que realizamos o acompanhamento dos dados coletados pelos fiscais de sacarose nos laboratórios em relação aos dados fornecidos pela Unidade Industrial, observando se o cálculo está correto e como está a evolução da qualidade da matéria-prima para tomada de decisão pelo departamento técnico.
E para garantir que o associado tenha uma remuneração correta pelo ATR
Relativo, realizamos o acompanhamento da aplicação e cálculo deste, bem
como a verificação se está condizente com o manual do CONSECANA-SP.
Para manter o associado informado sobre a safra na área de abrangência
da Canaoeste é realizado um acompanhamento da safra, observando a
produtividade, efeitos climáticos e a qualidade da matéria-prima sendo
atualizados mensalmente na Revista Canavieiros.
Proporcionar a segurança do associado em relação ao preço de fechamento do kg do ATR que ele recebe da Unidade Industrial também faz parte do nosso compromisso. Portanto, realizamos auditoria no fechamento dos preços de acordo com o Mix de produção e comercialização da própria usina, garantindo assim o cálculo correto dos preços de fechamento com conferência tríplice (Canaoeste – Unidade Industrial – Orplana).