GOVERNO VOLTA OS OLHOS AOS BIOCOMBUSTÍVEIS.

Voltar
02/12/2016

Durante o fórum da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (ÚNICA), que ocorreu no último dia 28 em São Paulo, o Ministro de Minas e Energia Fernando Bezerra Filho (PSB), afirmou que o setor sucroenergético tem papel importante para levar o Brasil a atingir seus compromissos firmados internacionalmente na COP 21 em Paris.
 
                                    O Ministro colocou em pauta o tema em questão durante o fórum e assim salientou:  “temos os compromissos que assumimos internacionalmente, e 2030 está logo aí. Precisamos começar a entregar o que o mundo e a população brasileira demandam de nós. O MME [Ministério de Minas e Energia] vai contribuir, até o limite das possibilidades, para dar ao País bases que precisamos para crescer”, garantiu.
 
                                    A preocupação demonstrada pelo Ministro para com o setor sucroenergético e os biocombustíveis se dá pelo fato de que o Brasil na COP 21, firmou acordo no sentido de que até 2030 a matriz energética nacional deverá ter uma participação de pelo menos 18% de biocombustíveis.
 
                                    Para atingir tal meta pré-fixada em acordo internacional o Ministério de Minas e Energia promoverá no dia 13 de dezembro um workshop para apresentar o projeto “RenovaBio” que pensará o papel dos biocombustíveis no território nacional.
 
                                    O acordo firmado pelo governo brasileiro nesse sentido perfaz importante notícia para a região de Sertãozinho/SP., que, como é sabido, tem como sua principal atividade a produção de açúcar e álcool a partir do processamento da cana-de-açúcar, o que poderá voltar os olhos das lideranças políticas para a nossa região, fomentando a economia com investimentos públicos e privados no setor.

Fonte: Diego Henrique Rossaneis - Advogado

COMENTÁRIOS

0 comentários postados

GOVERNO VOLTA OS OLHOS AOS BIOCOMBUSTÍVEIS.

02/12/2016

Durante o fórum da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (ÚNICA), que ocorreu no último dia 28 em São Paulo, o Ministro de Minas e Energia Fernando Bezerra Filho (PSB), afirmou que o setor sucroenergético tem papel importante para levar o Brasil a atingir seus compromissos firmados internacionalmente na COP 21 em Paris.
 
                                    O Ministro colocou em pauta o tema em questão durante o fórum e assim salientou:  “temos os compromissos que assumimos internacionalmente, e 2030 está logo aí. Precisamos começar a entregar o que o mundo e a população brasileira demandam de nós. O MME [Ministério de Minas e Energia] vai contribuir, até o limite das possibilidades, para dar ao País bases que precisamos para crescer”, garantiu.
 
                                    A preocupação demonstrada pelo Ministro para com o setor sucroenergético e os biocombustíveis se dá pelo fato de que o Brasil na COP 21, firmou acordo no sentido de que até 2030 a matriz energética nacional deverá ter uma participação de pelo menos 18% de biocombustíveis.
 
                                    Para atingir tal meta pré-fixada em acordo internacional o Ministério de Minas e Energia promoverá no dia 13 de dezembro um workshop para apresentar o projeto “RenovaBio” que pensará o papel dos biocombustíveis no território nacional.
 
                                    O acordo firmado pelo governo brasileiro nesse sentido perfaz importante notícia para a região de Sertãozinho/SP., que, como é sabido, tem como sua principal atividade a produção de açúcar e álcool a partir do processamento da cana-de-açúcar, o que poderá voltar os olhos das lideranças políticas para a nossa região, fomentando a economia com investimentos públicos e privados no setor.

Foto Biocombustivel