Valorizar a agricultura brasileira é compromisso da Ourofino Agrociência

Voltar
13/07/2017

Neste mês, a Ourofino Agrociência estabeleceu um novo propósito para direcionar e influenciar todos os setores da empresa e, principalmente, promover o desenvolvimento do agronegócio nacional. Essa nova era tem como objetivo reimaginar a agricultura brasileira e, por isso, está baseada em três pilares principais: inovação, construção de valor e crescimento junto à comunidade agrícola.
 
“Essas diretrizes são princípios e valores que movem a Ourofino Agrociência desde o início. Eles orientam nosso dia a dia, informam e norteiam ações e decisões internas e externas. Tudo em prol do crescimento sustentável da empresa e da promoção exponencial do setor agrícola”, destaca o gerente de Comunicação e Inteligência Competitiva, Everton Molina Campos
 
A inovação, um dos pilares do novo posicionamento estratégico da empresa, tem como objetivo desenvolver novos produtos e soluções com base nas necessidades e características da agricultura tropical, utilizando como fundamento principal o conhecimento desenvolvido pela pesquisa brasileira.
 
“Essa diretriz abrange, inclusive, a conduta e a forma de trabalho dos funcionários da Ourofino para reimaginar os processos operacionais e otimizar todos os pontos de contato com clientes e parceiros. Além, claro, de oferecer um portfólio com formulações diferenciadas de tudo que já existe no mercado”, afirma Molina.
 
Como comprovação desse propósito, a Agrociência ingressou no segmento de biológicos em dezembro de 2016, por meio de um acordo de cooperação com a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. A parceria tem como objetivo desenvolver uma nova linha de produtos, como bioinseticidas, bioherbicidas e biofungicidas.
 
Outro diferencial da empresa como inovação para o setor foi o contrato de financiamento de R$ 60 milhões assinado com a Finep. O montante será investido em desenvolvimento desses novos produtos, na melhoria das formulações já existentes e também na execução da planta industrial de WDG (Grânulos Dispersíveis).
 
Entretanto, todo esse investimento só tem resultado quando atinge o verdadeiro propósito: o crescimento da agricultura brasileira e do produtor. Por isso, a Ourofino mantém uma presença constante no campo e atua lado a lado do agricultor para gerar valor para o país, com soluções adequadas às necessidades das culturas locais. Por meio de parcerias próximas e transparentes e novas formas de relacionamento, a empresa tem uma abordagem que vai além do comercial. Almejando o máximo da produtividade de cada propriedade, os colaboradores Ourofino compartilham conhecimento e informação com agricultores, parceiros e comunidades agrárias.
 
Os principais recursos utilizados para manter e estimular essa relação são os programas Ciclo 100, projeto que oferece soluções integradas para manejo de plantas daninhas, pragas e doenças em cana-de-açúcar, e o Focus 360, que tem como proposta revolucionar o manejo da resistência em soja, milho e algodão em todas as regiões do país.
 
A soma de todos esses pilares resulta no último direcionamento, que é o crescimento e desenvolvimento do agronegócio. Com incentivo e promoção do empreendedorismo e interação, a empresa busca colaborar para o reconhecimento do setor e construir uma diferenciação relevante e sustentável para o mercado.
 
“É reimaginar o setor de defensivos agrícolas, que atua globalmente, de forma personalizada para a agricultura brasileira. Uma ação coletiva que resultará no fortalecimento e valorização da maior riqueza brasileira, o agronegócio”, finaliza o gerente.

Fonte: ComTexto Comunicação Corporativa

COMENTÁRIOS

0 comentários postados

Valorizar a agricultura brasileira é compromisso da Ourofino Agrociência

13/07/2017

Neste mês, a Ourofino Agrociência estabeleceu um novo propósito para direcionar e influenciar todos os setores da empresa e, principalmente, promover o desenvolvimento do agronegócio nacional. Essa nova era tem como objetivo reimaginar a agricultura brasileira e, por isso, está baseada em três pilares principais: inovação, construção de valor e crescimento junto à comunidade agrícola.
 
“Essas diretrizes são princípios e valores que movem a Ourofino Agrociência desde o início. Eles orientam nosso dia a dia, informam e norteiam ações e decisões internas e externas. Tudo em prol do crescimento sustentável da empresa e da promoção exponencial do setor agrícola”, destaca o gerente de Comunicação e Inteligência Competitiva, Everton Molina Campos
 
A inovação, um dos pilares do novo posicionamento estratégico da empresa, tem como objetivo desenvolver novos produtos e soluções com base nas necessidades e características da agricultura tropical, utilizando como fundamento principal o conhecimento desenvolvido pela pesquisa brasileira.
 
“Essa diretriz abrange, inclusive, a conduta e a forma de trabalho dos funcionários da Ourofino para reimaginar os processos operacionais e otimizar todos os pontos de contato com clientes e parceiros. Além, claro, de oferecer um portfólio com formulações diferenciadas de tudo que já existe no mercado”, afirma Molina.
 
Como comprovação desse propósito, a Agrociência ingressou no segmento de biológicos em dezembro de 2016, por meio de um acordo de cooperação com a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia. A parceria tem como objetivo desenvolver uma nova linha de produtos, como bioinseticidas, bioherbicidas e biofungicidas.
 
Outro diferencial da empresa como inovação para o setor foi o contrato de financiamento de R$ 60 milhões assinado com a Finep. O montante será investido em desenvolvimento desses novos produtos, na melhoria das formulações já existentes e também na execução da planta industrial de WDG (Grânulos Dispersíveis).
 
Entretanto, todo esse investimento só tem resultado quando atinge o verdadeiro propósito: o crescimento da agricultura brasileira e do produtor. Por isso, a Ourofino mantém uma presença constante no campo e atua lado a lado do agricultor para gerar valor para o país, com soluções adequadas às necessidades das culturas locais. Por meio de parcerias próximas e transparentes e novas formas de relacionamento, a empresa tem uma abordagem que vai além do comercial. Almejando o máximo da produtividade de cada propriedade, os colaboradores Ourofino compartilham conhecimento e informação com agricultores, parceiros e comunidades agrárias.
 
Os principais recursos utilizados para manter e estimular essa relação são os programas Ciclo 100, projeto que oferece soluções integradas para manejo de plantas daninhas, pragas e doenças em cana-de-açúcar, e o Focus 360, que tem como proposta revolucionar o manejo da resistência em soja, milho e algodão em todas as regiões do país.
 
A soma de todos esses pilares resulta no último direcionamento, que é o crescimento e desenvolvimento do agronegócio. Com incentivo e promoção do empreendedorismo e interação, a empresa busca colaborar para o reconhecimento do setor e construir uma diferenciação relevante e sustentável para o mercado.
 
“É reimaginar o setor de defensivos agrícolas, que atua globalmente, de forma personalizada para a agricultura brasileira. Uma ação coletiva que resultará no fortalecimento e valorização da maior riqueza brasileira, o agronegócio”, finaliza o gerente.